quarta-feira, 20 de abril de 2011

12 PERGUNTAS FEITAS PARA SATAN

QUEM O CRIOU?

Satan : Fui criado pelo próprio Deus, bem antes da existência do homem. [Ezequiel 28:15]

COMO VOCÊ ERA QUANDO FOI CRIADO?

Satan : Vim à existência já na forma adulta e, como Adão, não tive infância. Eu era um símbolo de perfeição, cheio de sabedoria e formosura e minhas vestes foram preparadas com pedras preciosas. Nesta época era conhecido como filho da alva, ou se preferir, a estrela da manhã. Ainda gosto de ser chamado assim... Principalmente por dois motivos. Esconde minha verdadeira natureza de opositor e reforça meu poder e superioridade sobre a criação. [Ezequiel 28:12,13]

QUAL SUA PRINCIPAL FONTE DE PODER?

Satan: A mentira. Aliás ela é tudo que tenho, desde o princípio. Meu reino foi erguido sobre ela. [João 8:44]

ONDE VOCÊ MORAVA?

Satan : No Jardim do Éden e caminhava no brilho das pedras preciosas do monte Santo de Deus. [Ezequiel 28:13]

QUAL ERA SUA FUNÇÃO NO REINO DE DEUS?

Satan : Como querubim da guarda, ungido e estabelecido por Deus, minha função era guardar a Glória de Deus e conduzir os louvores dos anjos. Um terço deles estava sob o meu comando. [Ezequiel 28:14; Apocalipse 12:4]

ALGUMA COISA FALTAVA A VOCÊ?

Satan : (reflexivo, diminuiu o tom de voz) Não, nada. [Ezequiel 28:13]

O QUE ACONTECEU QUE O AFASTOU DA FUNÇÃO DE MAIOR HONRA QUE UM SER VIVO PODERIA TER?

Satan : Isso não aconteceu de repente. Um dia eu me vi nas pedras (como espelho) e percebi que sobrepujava os outros anjos (talvez não a Miguel ou Gabriel) em beleza, força e inteligência. Comecei então a pensar como seria ser adorado como deus e passei a desejar isto no meu coração. Do desejo passei para o planejamento, estudando como firmar o meu trono acima das estrelas de Deus e ser semelhante a Ele. Num determinado dia tentei realizar meu desejo, mas acabei expulso do Santo Monte de Deus. [Isaías 14:13,14; Ezequiel 28: 15-17]

O QUE DETONOU FINALMENTE A SUA REBELIÃO?

Satan : Quando percebi que Deus estava para criar alguém semelhante a Ele e, por conseqüência, superior a mim, não consegui aceitar o fato. Manifestei então os verdadeiros propósitos do meu coração. [Isaías 14:12-14]

O QUE ACONTECEU COM OS ANJOS QUE ESTAVAM SOB O SEU COMANDO?

Satan : Eles me seguiram e também foram expulsos. Formamos juntos o império das trevas. [Apocalipse 12:3,4]

COMO VOCÊ ENCARA O HOMEM?

Satan : (com raiva) Tenho ódio da raça humana e faço tudo para destruí-la, pois eu a invejo. Eu é que deveria ser semelhante a Deus. [1Pedro 5:8]

QUAIS SÃO SUAS ESTRATÉGIAS PARA DESTRUIR O HOMEM?

Satan : Meu objetivo maior é afastá-los de Deus. Eu estimulo a praticar o mal e confundo suas idéias com um mar de filosofias, pensamentos e religiões cheias de mentiras, misturadas com algumas verdades. Envio meus mensageiros travestidos, para confundir aqueles que querem buscar a Deus. Torno a mentira parecida com a verdade, induzindo o homem ao engano e a ficar longe de Deus, achando que está perto. E tem mais. Faço com que a mensagem de Jesus pareça uma tolice anacrônica, tento estimular o orgulho, a soberba, o egoísmo, a inimizade e o ódio dos homens. Trabalho arduamente com o meu séquito para enfraquecer a Igreja, lançando divisões, desânimo, críticas aos líderes, adultério, mágoas, friezas espirituais, avareza e falta de compromisso (ri às escaras). Tento destruir a vida dos obreiros de Deus, principalmente com o sexo, ingratidão, falta de tempo para Deus e orgulho. [1Pedro 5:8; Tiago 4:7; Gálatas 5:19-21; 1 corintios 3:3; 2 Pedro 2:1; 2 Timóteo 3:1-8; Apocalipse 12:9]

E SOBRE O FUTURO?

Satan : (com o semblante de ódio) Eu sei que não posso vencer a Deus e me resta pouco tempo para ir ao lago de fogo, minha prisão eterna. Eu e meus anjos trabalharemos com afinco para levarmos o maior número possível de pessoas conosco. [Ezequiel 28:19; Judas 6; Apocalipse 20:10,15]

MEDITE NESSA MENSAGEM. VEJAM QUE FOI ELABORADA COM BASE NOS VERSÍCULOS BÍBLICOS, POR ISSO É UMA ILUSTRAÇÃO DA MAIS PURA VERDADE.

ASSISTA:

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Colisão na Cruz

A cruz de Cristo é a verdade revelada do julgamento de Deus sobre o pecado. Nunca associe a idéia de martírio com a Cruz de Cristo. Ela foi o triunfo supremo, e que abalou os alicerces do inferno. Não há nada no tempo e na eternidade mais absolutamente certo e irrefutáveis ​​do que aquilo que Jesus Cristo realizou na Cruz. Ele tornou possível a toda a raça humana ser trazida de volta a um relacionamento correto com Deus. Ele fez da redenção o fundamento da vida humana, isto é, Ele fez um caminho para qualquer pessoa a ter comunhão com Deus.

A cruz não foi algo que aconteceu a Jesus – Ele veio para morrer, a Cruz era o Seu propósito ao vir. Ele é "o Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo" (Apocalipse 13:8). A encarnação de Cristo não teria sentido sem a cruz. Tome cuidado de separar o "Deus foi manifestado na carne..."
do "...Ele o fez...pecado por nós..."(I Timóteo 3:16, II Coríntios 5:21). O propósito da encarnação foi a redenção. Deus veio em carne para tirar o pecado, não para realizar algo para si mesmo. A Cruz é o acontecimento central na vida e na eternidade, e a resposta para todos os problemas de ambos.

A cruz não é a cruz de um homem, mas a cruz de Deus, e isso nunca pode ser plenamente compreendida através da experiência humana. A Cruz é Deus exibindo sua natureza. É a porta através da qual toda e qualquer pessoa pode entrar em unidade com Deus. Mas não é uma porta que atravessamos, é aquela em que permanecemos na vida que lá se encontra.

O coração da salvação é a Cruz de Cristo. A razão porque a salvação é tão fácil de obter é que ela custou muito a Deus. A cruz foi o lugar onde Deus e o homem pecador se fundiu em uma tremenda colisão e onde o caminho da vida foi aberto. Mas todo o custo e a dor da colisão foram absorvidos pelo coração de Deus.

My Utmost For His Highest
Daily Devotionals by Oswald Chambers

Patente aos olhos

Deus é o Verbo SER. O dínamo que faz tudo que existe SER. Em outras palavras, Ele, como VERBO, nos liga a tudo que existe! POR ISSO O VERBO SER É UM VERBO DE LIGAÇÃO. Algo que a religião, por ser a tentativa do homem se ligar a Deus, nunca irá conseguir, pois é DEUS que se liga ao homem! Neste contexto, DEUS é como o olho, pois quem olha não vê o próprio olho, mas se você refletir verá, nem que seja num espelho. Verá sua imagem e semelhança! Algo que sempre esteve patente aos olhos, mas insistimos em dizer e duvidar da existência!

Daltonismo Divino

Jesus é 100% Deus e 100% Homem...

Ele obedeceu a LEI cabalmente...

O primeiro mandamento diz:

Amarás a Deus sobre todas as coisas.

Jesus amou a si mesmo sobre todas as coisas, adorando a Deus, porque Ele era Deus!

O segundo mandamento diz:

Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

Jesus amou o próximo como Ele mesmo, observe que Ele ama a si mesmo como Deus, logo Ele deve amar ao próximo como Deus. Amor tão forte e apaixonado que terminou em morte e morte de cruz. Jesus como Deus enxergou no próximo o próprio Deus e nesse amor, Ele adorou ao Pai.

Assim também somos nós, os verdadeiros seguidores do caminho... Nós adoramos o que conhecemos, ainda que em parte, mas quando Ele se manifestar o adoraremos em plenitude.

1a. Corintios
9 porque, em parte conhecemos, e em parte profetizamos;
10 mas, quando vier o que é perfeito, então o que é em parte será aniquilado.
11 Quando eu era menino, pensava como menino; mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
12 Porque agora vemos como por espelho, em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei plenamente, como também sou plenamente conhecido.
13 Agora, pois, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três; mas o maior destes é o amor.

Lembre-se... A chave para entender é crer em fé que DEUS É AMOR! Aprenda a enxergar seu EU em DEUS. ELE ESTÁ BEM NO MEIO DE DEUS

domingo, 3 de abril de 2011

"O zero é indivisível; tudo dividido por ele é ele mesmo."

"O zero é indivisível; tudo dividido por ele é ele mesmo." --> Muita gente tem esse conceito, mas está totalmente errado!

Essa informação está errada, pegue uma calculadora, pode ser a do windows e tente dividir 1/0. Verá que a calculadora falha, mas porque isso acontece? Simples, o valor dessa divisão extrapola o conteúdo dos registradores da calculadora que armazenam o resultado (ou pelo menos os programadores capturam esse erro antes que cause algo mais sério). Na matemática e física chamamos isso de singularidade. Vou ver se consigo te explicar:

O que é uma divisão? Bom, por exemplo, 8/2 aqui estou simplesmente perguntando quantos "dois" existem dentro do "oito". 2+2+2+2, são 4 dois. E dentro do "um" existem quantos zeros? Para finalizar a conversa vou responder logo... Assim como no "um" há infinitos "zeros" posso dizer também que no "um" há zero "zeros (No "um" há o somatório infinito dos zeros que é "zero"). No todo, no uno, no universo, não há nada, pois nada simplesmente não pode haver, pois se há deixa de ser nada, e passa a existir. No tudo, nada continua não sendo nada, pois se fosse não seria.

Observando de outra forma: Para dividir um seguimento qualquer de reta em infinitas partes qual tamanho deve ser cada parte? A resposta é simples, deve ser do tamanho do ponto. O ponto não tem altura, nem largura e muito menos profundidade. Ele é adimensional, ou seja nada mede! Por isso, na reta "cabem" infinitos pontos! Assim como no "1" existem infinitos "0s"!


Uma singularidade gravitacional (algumas vezes chamada singularidade espaço-tempo) é, aproximadamente, um ponto do espaço-tempo no qual a massa, associada com sua densidade, e a curvatura do espaço-tempo (associado ao campo gravitacional) de um corpo são infinitas. Mais precisamente, uma geodésica espaço-tempo que contenha uma singularidade não pode ser tratada de uma maneira diferencial contínua. O limite matemático de tal geodésica (tangente de 90) é a singularidade. A matemática é irracional, ou pelo menos não segue as regras do nosso universo 3D. A nossa mente ainda que parcamente entende a concepção de continuidade, mas não a pode expressar em palavras ou imagens, pois, como dizia Georg Cantor, o abstrato, só é tangível na mente!

Dê uma pesquisada nestes dois links para entender mais:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Singularidade_matem%C3%A1tica

http://pt.wikipedia.org/wiki/Singularidade_gravitacional

Entendeu? Comente...

O Perdão Eterno!


O Perdão é Eterno! Assim como a obra de Jesus na Cruz é eterna. O perdão é ETERNO! O poder do SANGUE é o perdão! E sem derramamento de sangue não há perdão. E quando CRISTO verteu seu sangue o PERDÃO FOI ETERNO! A Eternidade não é passado, presente ou futuro... A Eternidade é passado, presente e futuro, mas não só isso!... A ETERNIDADE É! Nela coexistem o tempo e o espaço! O Agora e o Ontem... Bem como o AMANHÃ! Estamos numa condição bem melhor que há do Éden, lá existia a possibilidade da MORTE, mas depois que aceitamos o PERDÃO de JESUS, passamos da morte para a VIDA, em toda sua expressão abundante! Só aceitando este perdão compreendemos a grandeza do amor de DEUS... Compreendemos, com todos os santos, a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade... e também o tempo do AMOR de DEUS, visto que DEUS É AMOR, SEU AMOR É ETERNO! A força do pecado já não mais age sobre nós! Tragada foi a morte, pois naquele dia, em que o dia se escureceu e as rochas se fenderam Yeshua levou cativo o cativeiro. De uma vez por todas! Esse é o milagre e força motriz da VIDA! Quando, o nosso eterno sumo sacerdote, o nosso, Senhor e Pai, rasgou o véu, aquilo que nos separava de DEUS, e nos fez FILHOS, NO FILHO, entrando de uma vez por todas no santo dos santos, no ÚTERO da CRIAÇÃO, com gemidos inexprimíveis, fomos gerados para uma nova realidade! Deixamos de ser apenas criaturas sem sentido e rumo, passamos a ter significado, TORNAMO-NOS FILHO! FILHO DO AMOR! FILHO DE DEUS! Seja ele expresso pelo PAI, FILHO OU ESPÍRITO SANTO! Gerados não da carne ou da força do homem, mas do ESPIRITO ETERNO! E o que vêm agora... Agora vêm tudo e tudo novo... Mas e se pecarmos? Que diferença isso faz? Já fomos perdoados! Mas, então posso pecar? Sim! Você pode, mas quem nasceu de novo não vive em pecado. Quem é perdoado sempre pede perdão e perdoa! Tudo me é lícito, mas nem tudo me convém! Então devo pecar para que se venha a graça. É lógico que não! Mas o fato é que você vai pecar! Ou queres fazer Deus de mentiroso! Como disse João, filhinhos se pecardes, lembrei que temos um advogado, Jesus Cristo, o JUSTO! Os que são do alto, pensam, falam e agem como quem é do alto... E se aproxima do que é louvável! Mas o que é louvável? Não sou eu quem vou dizer! Aliás, sabe aquela frutinha lá do Éden? Aquela que comi em Adão? Morreu! Morreu uma morte ETERNA! E agora, sou fruto da VIDEIRA, DA VIDEIRA VERDADEIRA! O AMOR DE DEUS é como A UVA, posso te falar tudo sobre, mas você só vai entender se experimentar... Agora faz me um favor... Saia do computador! Vai ao ar livre e tome um gole do suco do fruto da videira verdadeira! A VIDA, A VIDA ETERNA! BEM VINDO AO CÉU! A NOSSA SEGUNDA CASA! APROVEITE CONTE PRA TODO MUNDO ISSO! PRO PRIMEIRO QUE APARECER! É SÉRIO!

sábado, 2 de abril de 2011

Fractal, Razão Áurea, Fibonacci, Planck e os Simpsons

Vocês já ouviram falar da razão áurea e da sequência de Fibonacci?

A razão áurea é definida algebricamente como:

(a+b)/a=a/b=φ=1,618...

Ou seja, ela divide algo de maneira mais harmônica possível em duas partes diferentes, de modo que podemos continuar a dividir e sempre se manterá essa harmonia desde que seja respeitada a proporção, onde o menor se colocado dentro do maior, o divide de forma a se tornar o maior e o restante o menor que poderá novamente ser dividido.

Por exemplo... imagine um seguimento de reta de 144 cm. Posso dividi-lo em dois menores, 55 e 34. Se eu subtraio 34 de 55 obtenho 21 logo a proporção de 34 e 21 o maior e o menor se mantêm. Vou seguindo assim até chegar a 0. Obtendo a sequência de fibonacci.

e a sequência de Fibonacci é 0, 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, 89, 144,... Sendo que cada número é a soma dos dois anteriores

Então, estava pensando eu... Se pegarmos os dois primeiros números de fibonacci:

a=1 e b=0 --> (a+b)/a=a/b

1+0/1=1/0 --> chegamos a um absurdo pois não podemos dividir um por nada.

Pensei muito tempo sobre isso. Por qual número poderia-se dividir o 1 que obedecesse a razão áurea. Um dia estudando sobre física quântica, mais especificamente sobre o comprimento de Planck tive um click pois o comprimento de Planck é 1,618 × 10^−35 m, ou seja, exatamente o valor da proporção áurea. Então pensei que se pudêssemos dividir algo menor que esse comprimento a energia seria tão absolutamente grande, quase como se reproduzíssemos o Big Bang por isto 1/0 tende ao infinito visto que 1/0,1= 10; 1/0,01=100; 1/0,001=1000 então 1/0 é infinito. Logo em cada minúscula partícula de matéria há energia suficiente para formar um universo inteiro, como um grande fractal, onde o todo forma a parte e a parte o todo. O zero como número aponta para o nada, então poderíamos dividir o 1 por 0?

Se minha hipótese estiver correta... Logo em cada minúscula partícula de matéria há energia suficiente para formar um universo inteiro, como um grande fractal, onde o todo forma a parte e a parte o todo. O zero como número aponta para o nada, então poderíamos dividir o 1 por 0? Imaginemos o 1 como sendo tudo. Ou seja a unidade do 1 seria o Universo (considerando que o universo seria tudo) e o 0 seria a ausência de tudo o nada. Dividindo o maior pelo menor 1u/0u teríamos o infinito. Juntando o tudo com o nada, ou pelo menos com algo que se aproxime de nada, pois seria tão pequeno e diminuto que qualquer coisa que estivesse nesta pequena porção do universo não poderia escapar, pois sendo ela tão ínfima que o espaço entre ela e o restante do universo é tão grande que nunca alcançaria a zona de escape. Mas a energia para dividir a matéria a tamanho tão absurdamente diminuto seria capaz de expandir novamente, recriando um novo universo.

Se não me engano é isso que o LHC quer fazer em escala menor.

Então escrevi o seguinte texto absorvendo alguns conceitos hebraico-cristãos antigos.

"Fractal... Fractal... Fractal... A parte está no todo, assim como o todo está na parte. Para o zero, o um é infinitamente grande, pois nem mesmo com infinitos zeros, chegamos a um. Mas com uns e zeros eu percorro o infinito. Tiro, na proporção exata, a mulher do homem, o negativo do positivo, o que está em cima do que está em baixo. Eu Sou, Eu Sou, Eu Sou o que é infinitamente pequeno e estrondosamente grande, mas que contém tudo que é necessário para formar o SER. Eu sou a proporção da beleza, o santo graal, o Hadit e Nuit, o Alfa e Omega, fora de mim não há existência. Não ore por suas próprias necessidades, pois sua oração não será aceita. Mas quando quiser orar, faça-o pela aflição da Cabeça. Pois qualquer que você esquecer, a Divina Presença também esquece. É porque o homem é uma "porção de Deus do altíssimo". Qualquer parte que falta, também existe no Todo e o Todo sente a falta da parte. Você deve portanto orar pela necessidades do Todo. Lembre-se, eu estou em você... Você é uma estrela, um deus ou deusa, mas como homem haveis de cair e como qualquer dos príncipes voltarás ao pó! Porém se seguires o meu fluxo e por dentro de meu veio andares, terá o meu nome sobre ti e meu sangue te reerguerá das cinzas. E perceberá que diante de Deus até Deus se dobra. Eu Sou, mas só Sou pelo que Sou... Ágape!"

Este vídeo dos Simpsons explica e ilustra muito bem o assunto:




Para finalizar a conversa vou responder logo... Assim como no "um" há infinitos "zeros" posso dizer também que no "um" há zero "zeros (No "um" há o somatório infinito dos zeros que é "zero"). No todo, no uno, no universo, não há nada, pois nada simplesmente não pode haver, pois se há deixa de ser nada, e passa a existir. No tudo, nada continua não sendo nada, pois se fosse não seria. Como disse uma vez, "O Nada é ter tudo... E ser feliz com o pouco enorme que tens!"